Câmara Municipal de Tatuí

CÂMARA CONVIDA PARA DUAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

AUDIENCIAS1112

Na próxima quarta-feira, dia 28 de novembro, às 19 horas, a Câmara Municipal de Tatuí irá promover uma Audiência Pública na Sala das Sessões “Vereador Rafael Orsi Filho”, na Avenida Cônego João Clímaco, nº 226, nos termos do artigo 48 da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal), com o objetivo de discutir a Lei Orçamentária Anual (LOA) do Município de Tatuí, para o exercício de 2019. E na segunda-feira seguinte, dia 3 de dezembro, no mesmo horário e local, realiza nova Audiência Pública, nos termos do artigo 40 da Lei Federal nº 10.257, de 10 de julho de 2001 (Estatuto das Cidades), para discussão do Projeto de Lei nº 055/18, de autoria do Poder Executivo Municipal, que dispõe sobre a revisão e atualização do Plano Diretor do Município de Tatuí. Os projetos de lei contendo as propostas em questão encontram-se à disposição dos interessados neste site, no link “Proposituras”, ou no Departamento de Administração da Câmara, no endereço acima, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, onde serão prestados todos os esclarecimentos necessários. Podem participar das audiências públicas entidades da sociedade civil e membros da comunidade.

INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO TERMINAM NA TERÇA

CONCURSO

Na próxima terça-feira, dia 13 de novembro, às 17 horas, termina o prazo de inscrições para o concurso público da Câmara Municipal de Tatuí, que oferece vagas para cargos de assistente de informática (uma), auxiliar legislativo (uma), contador (uma), motorista (uma), vigia (uma) e procurador legislativo (duas). A jornada semanal de trabalho é de trinta horas e o valor das inscrições e vencimentos varia de acordo com os cargos e grau de escolaridade. O concurso está sob a responsabilidade da Fundação Para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP. Inscrições são feitas somente pela Internet, no site: www.vunesp.com.br, onde os interessados encontram o edital completo e demais informações sobre este certame. O edital também está disponível no site da Câmara Municipal de Tatuí, no endereço eletrônico: www.camaratatui.sp.gov.br, além do quadro de avisos do Departamento de Administração da Casa de Leis, na Avenida Cônego João Clímaco (Mangueiras), nº 226, Centro. A prova objetiva, para todos os cargos, está prevista para dia 20 de janeiro de 2019. Os interessados em participar do concurso que não têm acesso à Internet podem inscrever-se em um dos pontos do “Acessa SP”. Basta levar seus documentos pessoais, como RG e CPF, cadastrar-se e efetuar sua inscrição nos computadores ali disponíveis. Em Tatuí, funcionam três pontos do “Acessa SP”: o primeiro no Centro Cultural, na Praça Martinho Guedes, nº 12, no Centro, o segundo na unidade do Poupatempo , na Avenida Firmo Vieira de Camargo, nº 135, ao lado da Rodoviária, e o terceiro no Posto do CRAS do Jardim Santa Rita de Cássia, na Rua Osmil Martins, nº 305.

INSCRIÇÕES DE CONCURSO PODEM SER FEITAS NO ACESSA SP

ACESSA

Os interessados em participar do concurso público da Câmara Municipal de Tatuí que não têm acesso à Internet podem inscrever-se em um dos pontos do “Acessa SP”, conforme prevê o edital do certame. Basta o cidadão levar seus documentos pessoais, como RG e CPF, cadastrar-se em um dos pontos e efetuar a inscrição nos computadores ali disponíveis. Em Tatuí, funcionam três pontos do “Acessa SP”: o primeiro na Praça Martinho Guedes, nº 12 (Centro), que atende das 9 às 12 horas e das 13 às 16 horas, o segundo no Poupatempo, na Avenida Firmo Vieira de Camargo, nº 135 (Centro, ao lado da Rodoviária), que atende de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, e aos sábados, das 9 às 13 horas, e o terceiro na Rua Osmil Martins, nº 305 (Jardim Santa Rita, no posto do CRAS), que atende das 8 às 14 horas. As inscrições para o concurso da Câmara seguem até às 17 horas do dia 13 de novembro e oferecem vagas para os cargos de vigia (uma), auxiliar legislativo (uma), motorista (uma), assistente de informática (uma), contador (uma) e procurador legislativo (duas). Este certame está sob a responsabilidade da Fundação Para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP. As inscrições devem ser realizadas exclusivamente através do site: www.vunesp.com.br, que disponibiliza o edital completo e demais informações aos candidatos. Este edital também está disponível no site da Câmara e no quadro de avisos do Departamento de Administração, na Avenida Cônego João Clímaco (Mangueiras), nº 226. A prova objetiva, para todos os cargos, está prevista para o dia 20 de janeiro de 2019.

CONCURSO PÚBLICO DA CÂMARA COM INSCRIÇÕES ABERTAS

CONCURSO 1

Desde a segunda-feira, dia 15 de outubro, estão abertas as inscrições para os interessados em prestar o concurso público da Câmara de Tatuí, para cargos de vigia (uma vaga), auxiliar legislativo (uma vaga), motorista (uma vaga), assistente de informática (uma vaga), contador (uma vaga) e procurador legislativo (duas vagas). A jornada semanal de trabalho é de trinta horas e o valor das inscrições e os vencimentos variam de acordo com o cargo e a escolaridade. Este concurso está sob a responsabilidade da Fundação Para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela Internet, através do site: www.vunesp.com.br, onde os interessados encontrarão o edital completo e demais informações sobre o certame. O edital também está disponível no site da Câmara Municipal de Tatuí e no quadro de avisos do Departamento de Administração da Casa de Leis, na Avenida Cônego João Clímaco (Mangueiras), nº 226, Centro. As inscrições continuam até às 17 horas do dia 13 de novembro, observado o horário oficial de Brasília. A prova objetiva, para todos os cargos, está prevista para dia 20 de janeiro de 2019. O “link” para acesso direto ao edital do concurso da Câmara é este: http://www.camaratatui.sp.gov.br/pdf/concursos/edital_001_2018.pdf

PROJETO ALTERA LEI QUE OBJETIVA ESTRUTURAR BAIRRO

GRAMADO

Na terça-feira, dia 16, na sessão da Câmara de Tatuí, os vereadores aprovaram, em 1º turno, projeto de lei de autoria do Poder Executivo, que altera dois artigos da Lei Municipal nº 5.227, de 19 de março de 2018, que autoriza a realização de obras de infraestrutura no Jardim Gramado, bairro distante da zona urbana, que não é dotado praticamente de nenhuma obra pública. A Prefeitura de Tatuí dispõe de dezenas de lotes no Jardim Gramado, fruto de execuções fiscais, adjudicados ao patrimônio público há diversos anos, em decorrência do fracasso dos leilões judiciais. A proposta, mediante as leis vigentes e a respectiva licitação, é realizar estas obras através de uma empresa privada, dando os lotes como pagamento. Na justificativa do projeto, a prefeita Maria José Vieira de Camargo explica que as alterações nesta lei são necessárias, para atrair interessados em participar do processo licitatório. De acordo com a prefeita, desde a edição da lei, já foram realizados dois processos licitatórios, visando a contratação de empresa, mas estes certames foram julgados “desertos”, pela ausência de licitantes. Durante a discussão do projeto, o vereador Luís Donizetti Vaz Júnior disse ter dúvidas a respeito de dois pontos. A primeira refere-se à retirada, no texto do projeto, do serviço de instalação de iluminação pública que seria realizado pela empresa vencedora da licitação. A segunda dúvida refere-se à metragem e possibilidade de desdobramento dos lotes pela empresa. Júnior Vaz sugeriu uma reunião dos vereadores com os moradores do bairro, para elucidar dúvidas junto aos técnicos da Prefeitura, antes da discussão e votação do projeto em 2º turno. Na justificativa, a prefeita ressalta que “mais uma vez, coloco toda minha equipe de secretários e técnicos à disposição nos nobres vereadores, para a resolução de eventuais dúvidas que possam surgir, sempre primando pela transparência e legalidade dos atos deste Governo”. Nesta sessão, o vereador Rodolfo Hessel Fanganiello reassumiu sua cadeira na Câmara Municipal. Em julho, Rodolfo licenciou-se da vereança por noventa dias, por motivos de ordem particular, e candidatou-se a deputado estadual nas eleições. Durante a licença, ele foi substituído na Câmara pelo suplente Márcio Fernandes de Oliveira.