Câmara Municipal de Tatuí

(1987/1988) - DARCI CORRÊA ANTUNES

darci correaFilho de Bento Corrêa Antunes e Eugênia Rodrigues Moraes, nascido no dia 4 de setembro de 1938, na zona rural de Tatuí. Casado com Telma José Fidêncio Antunes, tem duas filhas, Maria Regina Antunes e Adriana Antunes. Desenvolveu seus estudos primários nos Grupos Escolares "Eugênio Santos" e "João Florêncio". Realizou o curso secundário no "Barão de Suruí" e o curso superior na Faculdade de Educação Física de Tatuí. Desde menino, trabalhou com seu pai na oficina de carpintaria e ferraria, próxima ao Estádio do São Martinho, no Bairro Marapé. Com a aposentadoria de seu pai, assumiu a direção da oficina, que iniciou suas atividades em 1937 e funciona até os dias de hoje. Na sua juventude, teve grande participação na área esportiva de nossa cidade. Jogou futebol na categoria juvenil do Esporte Clube São Martinho, e depois, a convite do saudoso amigo Hélio Reali, transferiu-se para a Associação Atlética XI de Agosto, onde participou da conquista do Bicampeonato Amador do Interior do Estado de São Paulo, nos anos de 1957/58. Depois, retornou ao São Martinho, onde foi jogador, diretor e treinador sagrando-se campeão vários anos. Teve passagem marcante na vida púbica da cidade. Em 1976, a convite do ex-prefeito Olívio Junqueira, ingressou na política, sendo eleito vereador pela primeira vez na Legislatura de 1977 a 1982. Concorreu na eleição seguinte, sendo reeleito para a Legislatura de 1983 a 1988. Destaca-se que nessa legislatura concorreu e foi eleito, respectivamente, secretário da Mesa Diretora da Câmara, vice-presidente e presidente do Poder Legislativo de Tatuí. Partiu para uma nova fase política, concorrendo e se tornando vice-prefeito no período de 1989 a 1992, na gestão do falecido prefeito Wanderley Bocchi. Em 1993, assumiu novamente uma cadeira de vereador, vencendo sua quarta eleição consecutiva. Ganharia ainda pela quinta vez, em 1996. Durante sua vida pública, recebeu diversas homenagens, dentre elas: certificado do Fundo de Solidariedade, diploma de Honra ao Mérito da Polícia Militar do Estado de São Paulo, diploma de Honra ao Mérito da Prefeitura Municipal de Tatuí, certificado de Eterno Amigo da Revista "Região" e diversas placas de prata. No âmbito religioso, faz parte de família católica tradicional. Quando menino, foi coroinha na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, na época do saudoso padre Silvestre Murari. Trabalhou vários anos no movimento de casais encontristas com Cristo. É membro do Clube dos 13. Atualmente, trabalha na Ouvidoria da Prefeitura de Tatuí.